Notícias

 

"EU PREFERIRIA SER FORÇADO A USAR WINDOWS 95 A LARGAR O SLACK."

Essas palavras diabólicas foram proferidas por um colega de trabalho uma semana depois de adotarmos o novo queridinho das startups na minha antiga empresa.

Slack é um software de comunicação de equipes com suporte a canais, conversas privadas, integração com serviços externos e diversos detalhes bacanas que fazem dele simplesmente viciante.

Conversando com o Paulo Higa há umas semanas sobre escrever para o Tecnoblog, perguntei se usavam Slack para comunicação interna. Como ele disse “não”, nada mais natural do que dedicar meu primeiro artigo a convencer todo mundo da equipe de que Slack é amor, Slack é vida.

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo." alt="" width="855" height="300" />
1. Slack centraliza comunicação

OK, isso pode parecer cliché, “um padrão que vá substituir todos os outros”. Todos sabemos o quão difícil isso é. Até mesmo em empresas pequenas, cada conversa tende a ficar em serviços diferentes. O mais comum é deixar o papo interno por email, que todo mundo odeia, ou por algum serviço arbitrário de chat. Algumas empresas obrigam o uso de ferramentas internas que são geralmente odiadas pelos funcionários, seja por razões práticas ou simplesmente estéticas.

Ser obrigado a usar Slack é como ser obrigado a ganhar um aumento de salário; até hoje não achei alguém que se incomoda com isso. E quando todos da sua equipe se comunicam em um só lugar, buscar por um arquivo antigo é milhões de vezes mais fácil. Ainda mais com uma busca poderosa e com a possibilidade de adicionar uma estrela em mensagens e arquivos importantes, como no Gmail.

2. Integrações e plugins

GIFs de reação são extremamente úteis para expressar o quão feliz você está que seu código funcionou de primeira, ou que aquele cliente difícil converteu. Com o plugin do Giphy, você consegue inserir GIFs nas suas conversas somente com uma frase de busca.


Melhor maneira de se expressar. E sim, “/giphy cat” tem um repositório ilimitado de gatinhos fofos.

DROPBOX, WUNDERLIST, GITHUB, GOOGLE DRIVE E ATÉ GIPHY: ESTÁ TUDO INTEGRADO.


Se você não está no clima para brincar e só quer saber de produtividade, o Slack conta com milhares de integrações de outros serviços, como o popular Trello. Você é notificado, por exemplo, sobre cards que mencionam seu nome ou prazos finais de tarefas que estão se aproximando, tudo isso diretamente no ambiente de discussão da sua equipe.

Arquivos do Google Drive e do Dropbox expandem automaticamente; áudios do SoundCloud e vídeos do YouTube ganham um player sem nenhum esforço, é só mandar o link. Quer fazer uma vídeo conferência no Hangouts? Digite /hangout, pronto. Conheci uma empresa que ligou até a máquina de café em um canal do Slack, e qualquer um pode fazer uma integração com o IFTTT. As possibilidades são infinitas!

3. Aplicativos


A versão web do Slack não deixa a desejar, mas seus aplicativos nativos são mais rápidos e funcionais. Os apps móveis não são simples adaptações da web e abusam das funcionalidades nativas de cada plataforma, como, por exemplo, compartilhamento de conteúdo no iOS e Android.

Para desktop, os programas também são motivo para deixar de lado o navegador: são velozes, personalizáveis e fazem bom uso das APIs dos sistemas operacionais. Eles têm ainda atualizações constantes e discretas, como o Chrome.

4. Atenção ao detalhe

O melhor jeito de se construir um bom produto é indiscutivelmente focando primeiro no usuário. Levando isso ao pé da letra, o Slack desenvolveu o seu serviço desde o início dentro de empresas dispostas a dar feedback constante. O resultado é uma extensa lista de pequenos detalhes que quando somados fazem toda a diferença. Quando se lê uma mensagem no celular, isso é propagado para todas as outras plataformas do serviço. Você só recebe um email de notificação de menção se não vir a mensagem em algum aplicativo dentro de alguns minutos.

A interface é divertida, e tira o peso de ficar em dia com as mensagens. Isso faz os usuários passarem em média incríveis 10 horas por dia online no Slack.

5. Slack vicia

CLIENTES DO SLACK: ADOBE, SPOTIFY, THE NEW YORK TIMES, DOW JONES E OUTRAS GIGANTES.
Não existe uma razão simples. Nem a agência de design que elaborou toda a marca consegue explicar o sucesso ou o crescimento exponencial do Slack, hoje avaliado em quase 3 bilhões de dólares. Quem experimenta não quer mais trabalhar para empresas que não usam, e o Slack sabe muito bem disso: por essa razão, são publicadas vagas de emprego das organizações que usam a ferramenta, que incluem gigantes como eBay, Adobe e Salesforce."

Nem tudo são flores. O Slack não tem versão em português ou aplicativo para Windows Phone, e apesar de ter uma versão gratuita, paga-se US$ 80/ano por usuário para ter histórico de mensagens e integrações externas ilimitadas. É fácil se assustar com o valor maior até que o do Google Apps, mas depois de um mês usando o serviço, não há quem diga que não vale o preço.

A maioria das empresas nem sabia que tinha um problema de comunicação antes de usar o serviço, e o pessoal do Tecnoblog fala que está muito bem usando o Telegram para comunicação interna rápida. Veremos.

Fonte: https://tecnoblog.net/

Sobre o Autor
Fórmula do Sucesso
Author: Fórmula do SucessoWebsite: http://www.formuladosucesso.com.brEmail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Atendimento
Quem Sou
Empresa voltada para o desenvolvimento pessoal e corporativo, através de atendimento em Coaching, Consultorias e Treinamentos.
Veja meus outros artigos:

bitter.io - Free bitcoin, bitcoin advertising, ptc
WhatsApp-Image-2017-01-12-at-13.03.26
Topo