Notícias

Será que sua empresa está preparada para essa grande inovação do marketing, que na verdade nem é tão nova assim?

É fato que desde o início do século XX até hoje, a sociedade vem se transformando como um todo. E essa transformação é continua, pois se desenvolve de acordo com a mudança dos aspectos culturais e sociais de cada sociedade, além das mudanças dos valores e da forma de pensar.

Dessa maneira ao logo das décadas, a preocupação no processo fabril, deu lugar a um maior interesse nos produtos, e posteriormente passou a ser a atenção primordial a etapa de vendas. Porém hoje, vemos que em razão dessas constantes transformações e desenvolvimento da tecnologia, desde o advento da internet até hoje, as empresas estão cada vez mais voltadas aos clientes como um todo. Mas não de uma forma puramente comercial, como a venda apenas, mas também nas suas expectativas, seus anseios, suas necessidades, suas críticas e sugestões, além de principalmente, se preocupar em como esse cliente se relaciona com sua marca, seus produtos ou serviços. 

Com o advento da internet, as redes sociais como conhecemos hoje e as interações que a web permite, nunca antes se falou tanto no Marketing de Relacionamento. Mas essa tendência na verdade, é antiga. Ou seja, uma tendência que se re-inovou.

O Marketing de Relacionamento surgiu na década de 70 com o objetivo de melhorar ainda mais as relações comerciais entre os clientes e as empresas. 

Obviamente, para entender melhor essa relação, é importante entender e conhecer seus clientes não só enquanto compradores, mas conhecer melhor seu comportamento em todas as etapas, bem como após a compra. Esse é um trabalho que independe apenas de um setor ou uma pessoa responsável, mas deve ser um comprometimento de todos os colaboradores dentro da organização.

Para que esse entendimento seja amplo, é imprescindível que a empresa interaja melhor com o consumidor, aprenda com ele sobre seu comportamento, seus gostos, seus objetivos, seus interesses, e outros. Ou seja, é importante que a empresa se relacione com seu cliente.

A grande questão que norteia esse desafio é como podemos nos relacionar com nossos clientes.

A internet ampliou ainda mais as possibilidades de estudos acerca desses clientes, pois cada dia se torna mais fácil estabelecer um relacionamento com os mesmos através dos diversos canais que a internet permite, como meios de comunicação dinâmica, redes sociais, e principalmente através da liberdade do cliente em se expressar e se manifestar nesse universo dito on-line.

Como a humanidade hoje está massivamente presente na internet, precisamos nos re-adaptar e nos fazer presentes onde nosso público está, nesse vasto universo da web. Quer sejam nas redes sociais como facebook, pinterest, twitter, instagram... Ou nas plataformas sociais de conteúdo de vídeo como youtube, vimeo e outros... Ou mesmo abrindo canais de comunicação novos, dos quais o público se utiliza hoje, como whatsapp, messenger, e-mail e outros...

Tu isso é bastante favorável, não só para os consumidores em si, que tem a oportunidade de receber informação mais relevante de acordo com seus gostos e seu perfil, mas principalmente para as empresas, que podem desenvolver e ofertar produtos e serviços mais específicos, que sanem de forma mais plena e ampla a necessidade de seus clientes, e estabeleça um relacionamento mais próximo, individualizado e com menor custo com eles.

Ainda nessa análise, podemos identificar como sendo os principais objetivos de marketing de relacionamento, como sendo:

1.      Auxiliar na manutenção e liderança das empresas através da fidelização de seus clientes;

2.      Manter uma base de clientes rentáveis;

3.      Fidelizar os clientes, tornando-os parceiros permanentes;

4.      Redução dos custos das empresas para se conquistar novos clientes;

5.      Melhorar o desempenho da empresa, mapeando o consumo de seus clientes;

Para que esses objetivos possam ser alcançados de forma satisfatória são necessários um conjunto de estratégias e ferramentas para se desenvolver o marketing de relacionamento em uma organização. São elas:

 

Planejamento e posicionamento

 

É necessário que a organização tenha uma sinergia ampla em todos os seus setores, de forma alinhada para que se obtenha resultados planejados na busca de um relacionamento eficaz com seus clientes. E esse relacionamento deve ser planejado como uma ação duradoura trazendo rentabilidade, exclusividade e fidelização.

 

Endomarketing

 

Todos os colaboradores da empresa devem conhecer amplamente os objetivos da empresa e estarem engajados nesse propósito, sendo incentivado a contribuir com ideias de melhorias e crescimento. O ambiente deve ser de cooperação entre todos os colaboradores e perfeita sinergia.

 

Tecnologia da informação

 

Como o dinamismo nas informações e uma necessidade crescente em se trabalhar as informações para que se tornem úteis, é imprescindível a utilização de softwares para a realização desses controles e análises.

Além dos softwares, o controle do fluxo de informações também deve ser muito bem administrado, para que haja o destino ao departamento de marketing para uma avaliação e posterior tomada de decisões sobre processos, comunicações e etc.

 

Comunicação

 

Desenvolver um uma comunicação mais direcionada com seu cliente e não com as pessoas de forma generalizada, permite que sua comunicação seja mais individualizada e específica. Dessa forma pode-se obter uma interatividade única com cada cliente.

 

Marketing individualizado

 

Com uma comunicação mais direcionada, assim culminamos no marketing direto com os clientes de acordo com sua necessidade e seu perfil de forma mais específica. Uma das maneiras de se desenvolver isso é através de uma relação mais individualizada e interatividade. Através dessa relação e interatividade, obtêm-se informações que servirão de base para a efetivação de oferta de produtos e/ou serviços mais direcionados.

 

Marketing direto

 

Através do marketing individualizado, conhece-se melhor seus clientes, podendo-se adaptar produtos, ofertas, mensagens, sistemas de entrega e métodos de pagamento para otimizar ainda mais os resultados das campanhas. A partir de então, podemos assumir a responsabilidade de atingir nosso consumidor dentro da necessidade direta dele, de seus anseios. Ou seja, na veia.

 

Certo que o tema é bastante importante para o desenvolvimento e crescimento das empresas para se posicionarem como líderes de mercado e aumentarem ainda mais suas receitas, o artigo nos mostrou como o marketing de relacionamento é extremamente importante e sobretudo, necessita de um cuidadoso planejamento para que seus objetivos e resultados sejam alcançados de forma plena e satisfatória. Como todo modelo, o desenvolvimento das estratégias e ferramentas deve ser constantemente analisado e reavaliado, realizando os devidos ajustes e melhorias quando necessário.

 

Embora o artigo em si seja bem completo, o assunto é bem complexo e amplo o que faz necessário maiores aprofundamentos sobre o tema para um melhor desenvolvimento do conhecimento ora adquirido.

Sobre o Autor
Alexandre Araujo
Author: Alexandre AraujoWebsite: https://br.linkedin.com/in/dralexandrearaujoEmail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Consultor Executivo | Coach
Quem Sou
Bacharel em Administração de empresas e MBA em Marketing, Vendas e Mídias On-line. Palestrante e consultor em Marketing On-line e Marketing Imobiliário. Coach Pessoal e Executivo com ênfase em Desenvolvimento Pessoal e Organizacional. Entusiasta em Tecnologia da Informação e tecnologias mobiles. Praticante de Jiu-jitsu.
Veja meus outros artigos:

Topo